A semana foi mais complicada do que eu temia e aqui estou de volta, mais tarde do que devia.

Um colega me pergunta qual é a melhor maneira de receber dinheiro do exterior. A resposta é um firme, sonoro e inequívoco “depende!”

Se receber um cheque, pode depositar na sua própria conta bancária. Mas vai entrar em cobrança, vai demorar para receber e vão te cobrar uma tarifa de serviço. Vão também fazer muitas perguntas, para poderem ter certeza de que não se trata de lavagem de dinheiro.

Se quiser receber mais rapidamente, pode optar pelo Banco Rendimento, que tem um departamento de câmbio para pessoas físicas e, depois de satisfazer-se se que o pagamento tem origens lícitas, compra o cheque e deposita o pagamento na sua conta em qualquer banco brasileiro, em menos de dois dias úteis. Mas as taxas de câmbio podem ser pior do que as do seu próprio banco — para compensar o depósito imediato.

Se seu cliente mandar uma ordem de pagamento, cai diretamente na sua conta bancária, mas precisa ver quem vai arcar com as despesas e o seu banco no Brasil vai fazer mil perguntas antes de liberar o dinheiro.

Muita gente gosta do Paypal, mas minha conta lá anda pouco ativa, porque a maioria dos meus clientes não gosta do sistema. O Paypal atualmente credita os valores ao seu cartão de crédito, o que pode ser uma vantagem ou desvantagem.

Uma outra solução é ter uma conta bancária no exterior, o que é perfeitamente legal, desde que você declare a conta e o saldo ao leão. Atualmente, é meio complicado. Entretanto, se você se associar à ATA (American Translators’ Association), a OAS Staff Federal Credit Union, que presta todoso os serviços bancários de que você vai precisar, mas, de acordo com a lei americana, não é um banco propriamente dito. Mandam um cartão magnético, igualzinho aos dos nossos bancos, com o qual se pode sacar dinheiro em qualquer caixa automático do Bradesco. Se seu cliente estiver nos EUA, é mais fácil e rápido pedir que depositem numa conta lá. Mas você vai ter que pagar sua anuidade da ATA e os saques se limitam a aproximadamente R$ 500,00 por dia, por razões de segurança.

Os comentaristas vão dar outras sugestões, tenho certeza. Mas é bom lembrar que essas coisas mudam muito rápido e é bom conferir todas as informações antes de fazer qualquer transação.

LEIA OS COMENTÁRIOS, COM CORREÇÕES E ADIÇÕES AO QUE DIZ O ARTIGO E, PRINCIPALMENTE, ANTES DE QUALQUER TRANSAÇÃO, CONFIRA TUDO PARA VER SE NÃO MUDOU NADA, SE ME FAÇO CLARO.